Vereador Odair Holanda (PDT) Afirma que a concessão para funcionamento da Agespisa no Município está vencida

por Daniel Mendes publicado 21/08/2019 08h28, última modificação 21/08/2019 08h28

Apresenta requerimento solicitando que seja enviada a Casa Legislativa os instrumentos legais para a formalização do ato, bem como seja prestadas informações quanto aos valores arrecadados pela organização da vaquejada.

O Vereador diz que não poderia deixar de falar da taxa abusiva de esgoto cobrada pela Agespisa no talão de água dos guadalupenses. Diz que esteve com o Vereador Martinez na Secretaria da Câmara Municipal e teve acesso ao Projeto de Lei que foi encaminhado para a Casa Legislativa no ano de 2015 que fala da renovação e concessão do Projeto que não foi votado para Agespisa operar no Município e que o mesmo encontra-se vencido e operando de forma precária.

A Lei que fez a concessão para a Agespisa operar no Município é a Lei de n° 41/1977 que estabeleceu um prazo de trinta anos para a concessão de funcionamento da Agespisa no Município.

Pediu para que o Poder Público Municipal responda aos requerimentos que são feitos porque se não vai ser tomadas outras medidas assim como aconteceu com o lixo de ouro e pede ao líder da bancada da Prefeita que apresente provas de corrupção contra o Ex. gestor e deseja unir esforços com o líder da Prefeita para comprovar se realmente houve corrupção e que as instituições estão aí para provar.

O Vereador fez denuncia inclusive a contratação de empresa para a locação de veículos para a Prefeitura e disse que está sendo contratadas várias empresas com altíssimos valores e que o mesmo vai está de olho nessas contratações.

Concluindo sua fala afirma que tem vários inquéritos sendo concluídos tanto na Policia Federal como na Policia Civil.

SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 19 DE AGOSTO DE 2019